26.2.24

«Palavras da nossa língua» - Comemoração do Dia Internacional da Língua Materna

No âmbito da comemoração do Dia Internacional da Língua Materna, que se celebra no dia 21 de fevereiro, foi proposta pela Biblioteca Escolar e dinamizada em colaboração com as professoras de Português Língua Não Materna das escolas Dr. Bernardino Machado e Infante D. Pedro, a atividade «Palavras da nossa língua», com os objetivos de valorizar a diversidade linguística e cultural dos alunos estrangeiros e promover a sua integração. A atividade decorreu durante a semana passada e prolongar-se-á até ao final de fevereiro.

Foi solicitado às docentes de PLNM que recolhessem, junto dos seus alunos, entre três a cinco palavras que fossem significativas para eles, por lembrarem o seu país, a sua cultura ou por conterem uma mensagem que tivessem gosto em transmitir, e essas palavras foram registadas em etiquetas autocolantes, que continham ainda a respetiva tradução e a bandeira do país de origem de cada aluno.

Seguidamente, as professoras acompanharam os alunos às respetivas turmas, durante as aulas de Português, para que apresentassem aos colegas as palavras escolhidas, justificando a sua escolha, e para que lhes oferecessem os autocolantes com as palavras.

Embora ainda não tenha sido realizada por todos os alunos, o balanço é positivo, pois está a ser gratificante para os alunos envolvidos, que são recebidos e ouvidos pelos colegas com agrado.



31.1.24

Comemoração do Dia internacional da não violência e da paz nas escolas

Assinala-se internacionalmente o Dia da Não Violência nas Escolas no dia 30 de janeiro.

A data foi instituída em 1964 em Espanha pelo poeta, pedagogo e pacifista espanhol Llorenço Vidal, mas foi acolhida a nível internacional. Foi escolhido este dia por assinalar o falecimento do grande pacifista indiano Mahatma Gandhi

O objetivo do Dia Escolar da Não Violência e da Paz passa por sensibilizar os nossos alunos, professores, pessoal não docente e encarregados de educação, para a necessidade de uma educação para a paz, que promova valores como o respeito, a igualdade, a tolerância, a solidariedade, a cooperação e a não violência. São também preocupações deste dia promover a comunicação entre todos, impedir situações de bullying e incrementar a amizade.

Com o intuito de promover o caminho para a paz escolar, a biblioteca escolar dinamizou, nas várias bibliotecas do Agrupamento, uma exposição a valorizar a diferença.

Foram ainda colocadas, nas portas das escolas Bernardino Machado e Infante D. Pedro, imagens com o título “E se Fosse Contigo?”, alusivas a situações de agressões físicas e psicológicas, com mensagens a alertar para as consequências negativas da violência e a dor que provoca, para que tais situações sejam evitadas/denunciadas.

Também foram exibidas, no LCD das bibliotecas, vídeos e vídeo-clips de canções subordinadas ao tema. Em colaboração com a biblioteca escolar da Escola Infante D. Pedro, o clube “Rádio Escolar”, da responsabilidade da professora Nélia Baptista, divulgou, junto da sala de convívio dos alunos, canções que pretendiam incentivar a comportamentos de solidariedade e amizade entre pares e, assim, ajudar a combater a violência nas escolas.

15.12.23

Atividades de Natal nas Bibliotecas do Agrupamento de Escolas Figueira Mar

Festejou-se o Natal nas bibliotecas!  

Prendas para a paz

 

A Biblioteca Escolar lançou um desafio aos alunos: refletirem acerca da importância de reconhecer a responsabilidade individual e coletiva de todos na promoção da paz e escreverem uma mensagem que evidencie essa reflexão.

A biblioteca disponibilizou os cartões (em formato de prenda) para a redação das mensagens.



 

Leituras para festas felizes

 

Entre os dias 5 e 7 de dezembro, foram disponibilizados, na Biblioteca Escolar, textos de Natal, que foram lidos a um elemento da equipa da biblioteca. A atividade destinou-se a todos os elementos da comunidade escolar: alunos, professores e pessoal não docente. 

As leituras bem-sucedidas (todas!) tiveram direito a um miminho. Nas escolas Dr. Bernardino Machado e Infante D. Pedro, as leituras foram registadas num cartão de leitor e, de entre os cartões totalmente preenchidos, foram sorteados dois, um em cada escola, e foram atribuídos prémios aos respetivos leitores.




 

Feiras do Livro

 

As Feiras do Livro decorreram, entre os dias 4 e 12 de dezembro, nas Bibliotecas Escolares da Escola Secundária Dr. Bernardino Machado e da Escola Infante D. Pedro, entre as 8:30 e as 16:30.

Todas as turmas foram convidadas a participar e foi com curiosidade e entusiasmo que os alunos descobriram as novidades literárias divulgadas.






No decorrer da Feiro do Livro, na Escola Dr. Bernardino Machado, foi acolhida  a professora e autora Ana Lúcia Simões, que apresentou o seu último romance: Amor de algodão doce limão.


27.11.23

Dia internacional para a eliminação da violência contra as mulheres

 Veste o Laranja! Defende esta causa!

 

No dia 24 de novembro as escolas do Agrupamento Figueira Mar vestiram a camisola “laranja” pela causa: dizer “Não à violência contra as mulheres”, de modo a assinalar o dia Internacional para a Eliminação da Violência Contra as Mulheres. Esta data foi instituída pela Resolução 52/134 da ONU. O seu propósito é alertar para a violência física, psicológica, sexual e social que atinge as mulheres. Os alunos das escolas do Agrupamento foram sensibilizados para a importância desta causa, tendo distribuído fitas cor de laranja aos colegas, professores e restante comunidade escolar. 


                              


                                    




     





16.11.23

Dia internacional para a tolerância

Ser tolerante é demasiado importante!

Assinalou-se, no dia 16 de novembro, o Dia internacional para a tolerância e a biblioteca escolar aproveitou a oportunidade para relembrar a importância deste valor em todas as escolas do agrupamento.